Pesquisar

Artigo
Tipos de cimento ideal para cada obra - Chatuba

Qual é o cimento ideal para cada obra?

Antes de você descobrir qual o cimento ideal para cada obra, devemos conhecer um pouco mais sobre a história deste produto. Cimento é o nome popular do mundialmente conhecido Cimento Portland, produto batizado pelo empresário Joseph Aspdin. Em 1824, em Portland, o empresário descobriu um pó fino, com propriedades ligantes que endurece sob a ação da água e que, depois de endurecido, não se decompõe mais.
O cimento é composto, principalmente, por clínquer – uma mistura de calcário, argila e componentes químicos, que pode ser diferenciada conforme a adição de outros materiais, como: gesso, escória, argila pozolânica e o próprio calcário. Agora que já sabemos um pouco mais sobre esse material, vamos descobrir qual o cimento ideal para cada obra. Confira!

Tipos de cimento

descobrindo o cimento ideal para cada obra

Cimento CP-I (NBR 5.732) ou Cimento Portland Comum

Recebe esse nome porque não possui aditivo, apenas o gesso. Ele tem a função de retardar o início de pega do cimento para possibilitar que a aplicação demore um pouco mais. Tem o custo alto e menos resistência.

Cimento CP-II (NBR 11.578) ou Cimento Portland Composto

Esse cimento é versátil e aplicado a todas as fases de obra. Ele é conhecido como composto porque tem a adição de outros materiais na sua mistura, o que ocasiona um menor calor de hidratação, ou seja, ele libera menos calor ao entrar em contato com a água.

Cimento CP-III (NBR 5.735) ou Cimento Portland de Alto-forno

Esse cimento tem em sua composição de 35% a 70% de escória de alto-forno. Ele garante maior impermeabilidade, assim como durabilidade, além de baixo calor de hidratação. Além disso, tem alta resistência à expansão devido à reação álcali-agregado e também é resistente a sulfatos. Ele é menos poroso e tem maior durabilidade.

Cimento CP-IV (NBR 5.736) ou Cimento Portland Pozolânico

Sua composição tem de 15% a 50% de material pozolânico. O material proporciona estabilidade no uso com agregados reativos e em ambientes de ataque ácido, mais comumente de ataques por sulfatos. Ele é recomendado para concretagens de grande volume e sob temperaturas elevadas, por possuir baixo calor de hidratação. É pouco poroso e resistente à ação da água do mar e de esgotos.

Cimento CP-V ARI (NBR 5.733) ou Cimento Portland de Alta Resistência Inicial

Esse tipo de cimento é recomendado apenas para a fabricação de concreto. Por conta do seu processo de fabricação, ele tem alta reatividade nas primeiras horas de aplicação, fazendo com que se torne resistente em um curto intervalo de tempo. Ele é muito utilizado em obras industriais que exigem um tempo maior de desforma.

Cimento RS (NBR 5.737) ou Cimento Portland Resistente a Sulfatos

Materiais sulfatados estão presentes em redes de esgoto, água do mar e ambientes de indústria. Sendo assim, o uso desse tipo de cimento é indicado para construções nesses tipos de ambiente.

Cimento Branco (NBR 12.989) ou Cimento Portland Branco (CPB)

A principal característica desse tipo de cimento é a cor, que é branca. Ela é conseguida através de matérias-primas com baixo teor de manganês e ferro, além da utilização de caulim no lugar da argila. Existem dois tipos de cimento branco, um deles é o estrutural, indicado para fins arquitetônicos.

Cimento Portland de Baixo Calor de Hidratação (BC) / (NBR 13.116)

Este tipo de cimento é capaz de retardar o desprendimento de calor em peças de grande massa de concreto, evitando o aparecimento de fissuras de origem térmica, devido ao calor desenvolvido durante a hidratação do cimento.

Dicas de estocagem de cimento

A armazenagem do cimento é tão importante quanto conseguir escolher qual cimento ideal para cada obra. Ela garante que esse material de construção atenda os requisitos para os quais você vai usar. Alguns dos cuidados são:

– estocar em local seco, coberto e fechado, longe de tanques, torneiras e encanamentos;
– usar pallets para evitar contato com o piso e facilitar o transporte;
– não formar pilhas maiores do que 10 sacos. Excesso de compressão pode endurecer o cimento;
– utilizar primeiro o cimento estocado há mais tempo. O cimento, bem estocado, é próprio para uso por três meses;
– evite estocá-lo em temperaturas abaixo de 12°C antes do uso. A temperatura baixa pode ocasionar um retardamento do início de pega.

Onde encontrar o cimento ideal para cada obra?

Você pode encontrar o cimento ideal para cada obra, além de vários outros tipos de materiais de construção, em uma loja de material de construção perto de você. A Chatuba, por exemplo, oferece os melhores preços em diversas lojas espalhadas pela cidade do Rio de Janeiro. Faça sua lista de compras e não perca a oportunidade de encontrar tudo que você procura, com atendimento de alta qualidade e preço acessível.

Outros links úteis:
chatuba materiais de construção;
lojas de materiais de construção.

Fechar