Pesquisar

Artigo
aprenda como assentar cerâmica de maneira correta

Aprenda como assentar cerâmica sem desperdícios de material

Os revestimentos de cerâmica são os mais procurados pelas pessoas, devido à sua durabilidade, alto poder de impermeabilização, facilidade de limpeza e variedade de modelos, cores e texturas. Ainda que seja um revestimento relativamente mais barato, é fundamental que todo pedreiro, ajudante e mestre de obras saiba como assentar cerâmica de maneira correta, para evitar retrabalho e não desperdiçar os materiais de construção.

Sendo assim, a Chatuba preparou esse artigo, com cinco dicas de como assentar cerâmica da melhor maneira possível. Assim, você poderá otimizar o seu tempo, realizar um trabalho mais bem feito e, consequentemente, agradar a todos os proprietários das obras em que você trabalhar, já que além de um revestimento bem colocado, eles não terão gastos extras ocasionados pelo desperdício de material de construção. Confira!

5 dicas de como assentar cerâmica sem desperdício

descubra como assentar cerâmica

1- Tenha cuidado com os materiais

Quando falamos em cuidado, vamos um pouco além do manuseio e da armazenagem dos materiais. Antes de mais nada, o cuidado é com a quantidade de materiais adquiridos. A recomendação é que seja adquirido 5% a mais de cerâmica do que a quantidade necessária para revestir toda a área, para o caso de alguma peça ser danificada e uma troca ser necessária. Sendo assim, se a área a ser revestida é de 50 metros quadrados, a conta a ser feita para assentar cerâmica sem desperdícios é:

50 m² (área) + 5% (m² a mais) = 52,5 m² (total de metragem a ser adquirida)

Lembrando que essa é a quantidade de metros quadrados, não de placas de cerâmica. Cada placa possui uma metragem específica, sendo assim, a quantidade de placas depende do tamanho de cada uma.

Quanto à argamassa, a quantidade é de aproximadamente 7 kg por metro quadrado quando é feita a colagem dupla (argamassa aplicada tanto na superfície quanto na cerâmica) e 4 kg quando é feita a colagem simples (argamassa aplicada somente na superfície). Lembre-se de escolher corretamente o traço de argamassa, além de adquirir demais materiais básicos, como espaçadores e ferramentas adequadas.

Depois de adquirir a quantidade correta de material, é importante também armazená-lo adequadamente. A argamassa deve ser deixada em um local seco, sem contato com o chão e, preferencialmente, em embalagem fechada, para evitar empedramento. As cerâmicas devem ser mantidas limpas, preferencialmente dentro das suas embalagens originais e empilhadas de maneira que respeite o peso máximo estipulado pelo fabricante. uma dica é armazenar a cerâmica no local onde ela será utilizada; dessa forma, ela será pouco transportada, o que minimiza os riscos de quebra.

2- Verifique todas as condições do local onde o serviço será realizado

Faça medidas, preveja inclinações, e planeje a melhor direção para que a cerâmica seja aplicada. O ideal é fazer um desenho com esse planejamento, principalmente no caso de cerâmicas que tenham padrões a serem seguidos. Para saber como assentar cerâmica sem que haja desperdício de material, é necessário evitar retrabalho e, para isso, todo planejamento é fundamental. Busque por um padrão de aplicação que resulte em uma menor necessidade de recortes. As tiras de peças recortadas não devem ter menos de 5 cm, para que não haja risco de quebra e nem comprometa a aparência final do trabalho.

É necessário levar em conta tomadas, saídas de canos de água e demais detalhes que façam parte da superfície a ser revestida. Além disso, se certifique de que a área possui a impermeabilização adequada e que não haja riscos de infiltrações.

3- Prepare corretamente a superfície de assentamento

Poeira, tintas, óleos restos de massa e qualquer outra sujeira podem atrapalhar a boa aderência da argamassa e causar transtornos na hora de assentar a cerâmica. Sendo assim, o ideal é que a superfície seja lavada um dia antes da aplicação, para que tenha tempo de secar, e varrida algumas horas antes, para que não haja nenhum resíduo.

Além de limpa, a superfície deve estar bem nivelada e pronta para receber o revestimento. Algumas dicas para que ela seja preparada são:

  • verifique se o nível do piso do banheiro está, pelo menos, 1 cm mais baixo do que o dos demais ambientes;
  • confira se a água corre diretamente para o ralo, ou se está formando poças;
  • verifique se o contrapiso está realmente seco (o contrapiso deve ser feito, pelo menos, 7 dias antes da aplicação do revestimento cerâmico);
  • verifique se a superfície está plana. Desvios de até 1cm são facilmente encobertos com argamassa e pequenas imperfeições também passarão despercebidas.

4- Tome cuidado na hora da execução do trabalho

Alguns cuidados importantes devem ser tomados para saber como assentar cerâmica de maneira correta e sem desperdícios, como:

  • nunca se esqueça de usar os espaçadores, eles são fundamentais para o alinhamento das peças e, além de contribuírem para uma melhor aparência, ajudam a evitar o desplacamento e na aplicação do rejunte;
  • utilize as peças que, porventura, foram danificadas para fazer os recortes necessários;
  • prepare apenas a quantidade de argamassa a ser utilizada imediatamente para evitar desperdício, já que massas não podem ser reaproveitadas;
  • em peças a partir de 50 cm, o ideal é realizar dupla colagem, para que não haja riscos de as peças se soltarem.

5- Fique atento na hora de finalizar o serviço

Depois de finalizar o serviço, o ideal é aguardar 24 horas para pisar sobre ele. Ainda assim, não é recomendado muito movimento em cima do piso recém colocado; esse primeiro contato deve ser feito apenas para verificar se há falhas na aplicação e refazer algum aspecto que possa ser necessário.

Esse é o momento de avaliar o alinhamento da cerâmica e se todas as peças obedecem ao padrão de aplicação. Realize, também, o teste por meio de percussão: dê leves batidas com um cabo de madeira em cada uma das cerâmicas e, caso o barulho seja oco, quer dizer que ela não aderiu de maneira correta e deve ser recolocada.

Depois de tudo verificado, é hora de realizar o rejunte. Esse processo deve ser feito em, no mínimo, 48 horas após o assentamento da cerâmica e é muito importante escolher qual dos tipos de rejunte é o mais adequado para a superfície.

Caso haja sobras de materiais, o ideal é que eles sejam bem armazenados, para que sejam usados em possíveis retoques e reformas.

Adquira materiais de qualidade para o assentamento da cerâmica

Agora que você já sabe como assentar cerâmica de maneira mais econômica, a fim de otimizar tempo e dinheiro em suas obras e evitar o desperdício de materiais, você precisa contar com uma loja de material de construção tradicional, que ofereça qualidade e preços acessíveis.
Há mais de 50 anos no mercado, a Chatuba é referência quando se trata de material de construção no RJ, graças à sua história pautada em bom atendimento, ofertas atrativas e fornecedores de qualidade. Vai construir ou reformar? Deixe que a Chatuba te ajude! Visite uma de nossas lojas e confira toda a variedade de produtos que temos para te oferecer.

 

Fechar