Pesquisar

Artigo
Dicas de projeto elétrico

Dicas para acertar ao montar o projeto elétrico residencial

O projeto elétrico é parte fundamental da construção de uma casa, uma vez que ele determinará a potência necessária dos circuitos, a quantidade e o posicionamento das tomadas, a necessidade de circuitos exclusivos e demais fatores relacionados à parte elétrica de uma casa. Desde o desenho da planta, todas as etapas do projeto elétrico devem ser elaboradas por um profissional, para que os circuitos sejam suficientes para o abastecimento elétrico da casa e, principalmente, não haja risco de acidentes e os moradores não tenham dores de cabeça futuras.

A Chatuba entende muito bem de cada etapa da construção e, por isso, preparou esse artigo com algumas dicas para que todo o projeto elétrico da residência seja feito com perfeição e essa seja mais uma etapa da sua construção executada da maneira correta. Confira!

5 dicas para montar o projeto elétrico de uma residência

montando projeto elétrico

1- Desenhe a planta com atenção

A planta é o que vai guiar toda a execução do projeto elétrico. Nela devem estar contidas informações como a área do perímetro de cada cômodo, o dimensionamento da iluminação e das tomadas de uso geral, de acordo com o cômodo, a potência elétrica de cada tomada, a demanda da instalação, com a definição da carga total a ser utilizada, a separação dos circuitos, as proteções do circuito, como disjuntores e chaves-gerais, a distribuição dos pontos de luz e a lista de materiais necessários para que a instalação seja feita.

Todas essas informações devem estar dispostas de maneira clara, deve haver legenda e métodos para que as ligações sejam diferenciadas umas das outras. Caso haja falhas na planta, o projeto elétrico pode não ser executado da maneira correta, ocasionando retrabalho e atrasando o prazo da construção.

2- Cuidado com aparelhos de grande potência

Ar-condicionado, chuveiro e fornos elétricos e demais aparelhos elétricos da casa devem ter o circuito isolado, uma vez que demandam uma potência elétrica maior e, por isso, exigem mais cuidado com as suas instalações. São considerados aparelhos de grande potência os que necessitam de cargas elétricas superiores a 1200 W. Também os aparelhos eletrônicos, como computadores, ainda que não tenham alta potência, ficam mais seguros quando estão instalados em circuitos exclusivos. Além disso, tomadas e pontos de luz não devem ser abastecidos pelo mesmo circuito.

3- Defina a potência de cada tomada

Tomadas comuns, de 100 watts, são recomendadas para ambientes de estar, como salas e quartos. Já nos banheiros, cozinhas, áreas de serviço, garagem e lavanderia, o recomendado é que as tomadas sejam de 600 watts, uma vez que são locais em que os aparelhos necessitam de mais potência para ser abastecidos. Ao definir a voltagem de cada tomada, ela deve ser especificada também na planta.

4- Dimensione corretamente quando de distribuição

O quadro de distribuição é a parte do projeto elétrico que é responsável pelo ponto de partida para a alimentação de pontos elétricos espalhados pela casa. É neste quadro em que ocorre a medição do consumo mensal, porque é a porta de entrada da energia vinda da distribuidora. É muito importante que, na hora da definição do quadro, seja deixado um espaço para que novos circuitos sejam adicionados. Dessa forma, caso haja alguma modificação da distribuição elétrica da casa, mais aparelhos elétricos ou pontos de luz sejam adicionados e haja uma expansão do imóvel, não haverá necessidade de que um novo quadro seja projetado.

5- Utilize apenas materiais de qualidade

material de construção é parte fundamental para que o projeto elétrico seja executado com qualidade, evite acidentes e dure muito mais. Fios, ferramentas, conduítes e todo o resto dos materiais de construção elétricos não devem ser adquiridos apenas pelo preço mais em conta, mas devem ser de marcas renomadas e que ofereçam a segurança tanto na execução do projeto, quanto no dia a dia de quem for morar na casa.

Mas, aliar preço baixo e qualidade é sempre a melhor opção. E na Chatuba Materiais de Construção você pode! Há 50 anos a Chatuba é a loja de materiais de construção mais tradicional do Rio de Janeiro e oferece a você uma imensa variedade de materiais para construção, inclusive do projeto elétrico.
Visite uma de nossas lojas e veja o que a melhor loja de material de construção no RJ pode fazer por você!

Fechar